MEMÓRIAS DE UM FUTURO QUE NÃO HOUVE

Li, recentemente, estudo do economista Marcel Balassiano, do IBRE/FGV, que aponta que mais de 90% dos países apresentaram crescimentos econômicos superiores ao do Brasil no período compreendido entre 2011 e 2018. A fonte dos dados foi o relatório semestral do Panorama... ler mais

O AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTOS

AAI: três letras, várias funções e um papel fundamental. O agente autônomo de investimentos, tema deste artigo, é o profissional responsável por fazer a ponte entre os investidores e as empresas que fazem distribuição de valores mobiliários no Brasil. Com certeza, o... ler mais

A PESTE SUÍNA AFRICANA E SEUS IMPACTOS COMERCIAIS

Em agosto do ano passado, iniciou-se um surto de Peste Suína Africana (PSA) na segunda maior economia do mundo, a China. De lá para cá, a nação asiática, que é atualmente o maior produtor e consumidor mundial de suínos, foi obrigada a sacrificar entre 150 e 200... ler mais

BOLSAS EM QUEDA E OS ÚLTIMOS DESTAQUES

Na ausência de novidades sobre a reforma da Previdência, a bolsa brasileira seguiu o movimento de vendas do exterior. O Ibovespa caiu 1,04% e o dólar avançou, cotado a R$ 3,97. As atividades na comissão especial deverão ser retomadas hoje. O  mercado vai ficar atento... ler mais

TÍTULOS IPCA+ E PÓS-FIXADO COM EXCELENTES TAXAS

A Órama está com ótimas taxas de títulos de Renda Fixa IPCA+ e pós-fixado disponíveis a plataforma. Mas, você sabe quais são as diferenças entre esses dois tipos de títulos? Falar de títulos de renda fixa é falar de juros ou inflação e isso ajuda a entender o que... ler mais

PRESSÃO NO DÓLAR E OS DESTAQUES DA SEMANA

No compasso de espera da Reforma da Previdência – sem grandes novidades esta semana – ganhou destaque no noticiário a medida provisória de combate à burocracia – a MP da Liberdade Econômica. O governo prepara ainda medidas para facilitar o ambiente de negócios no... ler mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: A RECEITA PARA O AJUSTE FISCAL

Hoje em dia, o Estado brasileiro se encontra em uma situação muito crítica. Devido ao déficit primário, criado pelo gasto acima da receita, o país corre sério risco de passar por mais uma recessão no ano que vem (2020), caso a Reforma da Previdência não seja aprovada... ler mais

NEM TODA RENDA FIXA É TÃO FIXA

Fundos de inflação, que fundo é esse? Atualmente a taxa básica de juros, a famosa Selic, permanece em 6,5% ao ano. Mantida neste patamar pela oitava reunião consecutiva do Comitê de Política Monetária (COPOM), é a taxa mais baixa da nossa história. A redução da taxa... ler mais