Com a reforma da previdência tomando uma posição de frente no noticiário brasileiro, a aposentadoria tem se tornado um assunto cada vez mais debatido. Apenas essa maior exposição ao tema, já traz o efeito positivo de impulsionar a discussão sobre aposentadoria, fazendo com que o investidor se pergunte o que irá acontecer se for contar apenas com a renda do INSS ao se aposentar. É isso que este artigo busca responder. De forma um pouco mais prática, vamos fazer uma conta que irá ilustrar como seria a sua renda durante aposentadoria apenas com o INSS e como ela difere quando complementada por um plano de previdência privada.

A conta para calcular o valor devido de aposentadoria é um tanto quanto complicada, mas de forma resumida, para você receber o valor máximo pago pelo INSS (que hoje é de R$ 5.839,00) no momento da tão esperada aposentadoria, você precisará ter contribuído com 11% do valor do teto durante 80% da sua vida profissional, ou seja, R$ 642,00. Até aqui já percebemos que não é fácil conseguir receber o valor máximo pago pelo INSS quando você se aposentar.

Imagine que durante os últimos 7 anos de trabalho, sua renda mensal tenha sido de R$ 9.000,00. Sua vida já está toda adaptada e planejada com base nesse valor, mas os pagamentos do INSS só garantirão 65% da sua renda atual.

É nessa hora que a previdência privada entra como complemento para a renda da sua aposentadoria. Investindo a mesma quantia, durante o mesmo período de tempo, em um plano conservador que renda 6% ao ano, você conseguiria, durante 15 anos, uma renda complementar que, somada ao pagamento da previdência social, daria aproximadamente R$8.684,00. Agora, ao invés de 65% da sua renda atual, você poderia viver com muito mais tranquilidade tendo alcançado quase 100% de sua renda atual.

E caso você não queira receber sua reserva em forma de renda mensal, você terá acumulado uma quantia de aproximadamente R$ 404.643,45.

Com certeza o cenário com a previdência privada parece ser muito mais seguro e tranquilo, por isso é importante realizar um planejamento financeiro e começar o quanto antes a poupar uma quantia pensando no seu futuro.

Na página da Órama sobre previdência, você pode encontrar um simulador para ajudar você a fazer as suas próprias contas, segundo a sua expectativa de renda e de com qual idade você quer se aposentar. Você encontra também nossa lista de planos de previdência, para encontrar o plano ideal.

* o tempo de contribuição utilizado foi de 30 anos